EFEITO RESIDUAL DE HERBICIDAS AUXÍNICOS EM SOJA

Paulo César Timossi, Angela Marques Gazarini, Beatriz Branco Tiago Queiroz, Dênio Celestino Gonçalves, Dieimisson Paulo Almeida, Raimunda Orineide Barros de Araújo, Itamar Rosa Teixeira

Resumo


O controle das plantas daninhas em pastagens é indispensável para melhoria dos índices de produtividade da atividade agropecuária e a utilização correta e consciente dos herbicidas é muito importante para reduzir os problemas ocasionados pelo efeito residual em culturas subsequentes. Portanto, avaliou-se com este estudo o efeito residual dos herbicidas auxínicos 2,4-D, picloram e 2,4-D + picloram no desenvolvimento inicial de plântulas de soja. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação no delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 7 x 3, com quatro repetições. O primeiro fator foi composto pelas porcentagens das doses recomendadas de herbicidas (100%, 50%, 25%, 12,50%, 6,25%, 3,12% e 0,00%) na qual a maior dose (100%) foi equivalente a 2 L ha-1. O segundo fator foi composto pelos herbicidas: 2,4-D, picloram + 2,4-D e picloram. Foram avaliados o número de plantas emergidas para cada tratamento aos 10 DAS, altura de plantas e acúmulo de massa fresca e seca aos 40 DAS. O herbicida picloram afeta negativamente as variáveis número e altura de plantas a partir da dose 3,12% e massa fresca e seca a partir da dose 6,25% e o herbicida picloram + 2,4-D afeta negativamente as variáveis número de plantas a partir da dose 3,12%, altura de plantas a partir da dose 6,25% e massa fresca e seca a partir da dose 12,5%. A soja demonstrou alta sensibilidade aos resíduos de picloram no solo. As doses 25% e 50% respectivamente, dos herbicidas picloram + 2,4-D e picloram, limitaram a emergência das plântulas e a dose 100% impediu a germinação das sementes de soja. Não foi observado efeito residual para o herbicida 2,4-D em plântulas de soja em quaisquer das doses estudadas.

Palavras-chave


2,4-D, carryover, germinação, Glycine max L., picloram

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7824/rbh.v19i3.699

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UFERSAUFVJMUFFSEmbrapa
SBCPDHRAC-BRNAPD-UEMUniRV



Revista Brasileira de Herbicidas
ISSN (Online) 2236-1065
ISSN (IMPRESSO de 2000 a 2005) 1517-9443

Complexo Empresarial Oscar Fuganti
Rua Santa Catarina, 50 - 13º andar - sala 1302
Londrina - Paraná
CEP: 86010-470
Email: contato@rbherbicidas.com.br
TEL: (43) 3344-3364
Segunda à Sexta — 12:00 às 18:0